Em reunião na Seapa, Comitê ABCS dá passo decisivo para criação do Selo AgroSustentável de Goiás

Representantes de entidades deram sugestões à portaria que cria a certificação e aprovaram criação de grupo de trabalho e calendário de elaboração do Plano ABC+Goiás

O Comitê de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável de Goiás (ABCS) se reuniu nesta sexta-feira (20/1) para discutir a minuta da portaria de criação do Selo Estadual de Práticas Sustentáveis na Propriedade Rural (Selo AgroSustentável). O encontro, realizado no auditório da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em Goiânia, teve a participação de 37 representantes de órgãos públicos e entidades privadas. Eles ressaltaram a importância da iniciativa e apresentaram sugestões ao documento, que deve ser lançado nas próximas semanas.

Presidente do Comitê, o superintendente de Produção Rural Sustentável (em exercício) da Seapa, Leonardo Silvério, destacou o alto nível de engajamento no tema. “Todos os participantes compreenderam a relevância desta ação e muitos deles apresentaram contribuições para a portaria de criação do Selo AgroSustentável”, destacou. “O Selo AgroSustentável vai acelerar o cumprimento das metas estabelecidas pelo Plano ABC do Governo Federal e também dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU)”, completou.

O Selo AgroSustentável pretende promover e incentivar o desenvolvimento socioeconômico com a utilização de tecnologias sustentáveis e inovações na agropecuária, de forma a contribuir com a conservação ambiental, a melhoria do microclima e do macroclima, das características do solo e dos recursos hídricos. Incentiva também a adoção de práticas que conduzam ao desenvolvimento da economia agropecuária competitiva e sustentável, adequada aos preceitos mínimos de sustentabilidade ambiental, social e de governança.

“Esta certificação é o início da aplicação de compliance (reconhecimento de boas práticas) que permitirá a implementação de políticas de pagamento por serviços ambientais, seja em dinheiro ou com algum tipo de benefício em programas públicos e privados”, explica o assessor da Gerência de Projetos e Inovação Agropecuária da Seapa, Pedro Vilela. “Queremos que o produtor, seja ele pequeno, médio ou grande, adote cada vez mais as práticas sustentáveis e seja recompensado por isso”, completa.

Plano ABC+Goiás
Ainda durante o encontro, o Comitê de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável de Goiás aprovou a criação de um grupo de trabalho e do calendário de elaboração do Plano ABC+Goiás. O objetivo da iniciativa é integrar as ações estaduais ao Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária com Vistas ao Desenvolvimento Sustentável (Plano ABC+), lançado pelo Governo Federal. O colegiado recebeu o pedido de participação do Instituto Federal de Goiás (IFG), aprovado por unanimidade.

Participam do Comitê, conforme o Decreto nº 9.891/2021:
•    Secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad)
•    Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa)
•    Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater)
•    Superintendência Federal de Agricultura em Goiás (SFA/Mapa)
•    Superintendência Estadual do Banco do Brasil S.A. em Goiás
•    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Unidade Arroz e Feijão)
•    Universidade Federal de Goiás (UFG)
•    Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg)
•    Grupo Associado de Agricultura Sustentável (GAAS)
•    Rede Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (Rede ILPF)
•    Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg)
•    Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás)
•    Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás)

Também enviaram representantes à reunião desta sexta-feira:
•    Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa/GO)
•    Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais (Asbram)
•    Associação dos Irrigantes do Estado de Goiás (Irrigo)
•    Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS)
•    Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ)
•    Nexgen

Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.